Paulo Laureano branco sim, o tinto nem tanto

Leve e saboroso, este branco foi perfeito para o almoço

Leve e saboroso, este branco foi perfeito para o almoço

Durante o dia, um bom vinho branco gelado sempre cai bem. À noite, é a vez de tomar um tinto. De posse dessa idéia resolvi comparar dois vinhos de um mesmo fabricante, o Paulo Laureano da região do Alentejo, Portugal. Confesso que tinha preconceito com este vinho por que não gosto de nome de gente em coisas que vou comer ou beber (tipo Padaria do Francisco ou Biscoitos Jurema).

Em um almoço, encarei com um colega o branco Clássico – R$ 26,00. Bem gelado estava uma delícia. Apresentou-se um vinho leve e um pouco adocicado no fim. Uma bebida com 13,5% de álcool geralmente “pega” logo, mas este caiu muito bem e voltamos ao trabalho.
Depois deste Laureano relaxar, melhorou bastante

Depois deste Laureano relaxar, melhorou bastante

 À noite (de um outro dia, claro) tomamos o tinto Premium, safra 2005 e mesmo teor alcoólico – R$ 38,00. Para minha surpresa, ele se mostrou um tanto encorpado e com fortes taninos. De sabor tenso, o Paulo Laureano tinto – pelo menos para mim – não combinou bem com o clima quente daqui de Maceió. Depois de respirar um pouco na taça, o excesso de álcool deu uma evaporada, ele melhorou e bebemos tudo.

Anúncios

5 Respostas to “Paulo Laureano branco sim, o tinto nem tanto”

  1. Bombando o blog hein!!! to gostando de ver! valeu pelo link comment no vá lá! é uma honra! abs

  2. muricy Says:

    Prezado André, há muito tempo era para eu ter escrito sobre a sua maravilhosa iniciativa de nos brindar com essas suas incursões e posteriores observações sobre essa nobre bebida que é o vinho. Parabéns!!!! Continue sempre. Saiba que muitos que estão começando, ou mesmo os já iniciados nos vinhos, precisam de orientações como as suas.
    Quem sabe num futuro próximo, você se anima a montar um grupo dentro do MTB . Acho que pelo menos dois membros você ja tem: Eu e Mércia, que sabe apreciar um bom vinho e uma ótima conversa.

    Agradecido e incentivando sua iniciativa,

    Eduardo Henrique R. Lins.

  3. Carlos Martins Says:

    Ao Paulo Laureano Gostaria de lhe dizer que esse patriotismo que revela na sua pagina, no seu logotipo etc, não é do todo verdadeiro.
    Paulo Laureano é simplesmente um Francês-Dependente do estilo e da matéria prima, produtos enológicos, etc.
    Eu já lhe houvi dizer não compro porque é Portugues…
    Lamento que assim seja!!!

    Atenciosamente
    Carlos Martins

    • André Muricy Says:

      Eu, na verdade, acho ridículo o nome do vinho ser nome de gente. Sempre tive esse preconveito com o Paulo Laureano, parece falta de criatividade e um exagero em querer aparecer. Bom, cada um com sua loucura. Abraço e valeu pelo comentário.

      Muricy

  4. […] Paulo Laureano branco sim, o tinto nem tanto janeiro, 2009 4 comentários 5 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: