Arquivo para março, 2010

Códice, 100% Tempranillo, poderia ser maior

Posted in Espanhóis on 07/03/2010 by André Muricy

 

A rolha do Códice traz dois lobos sedentos em uma videira

Para quem gosta de um tinto que apresente tons suaves de carvalho e taninos salientes, uma boa escolha é o Códice, com uvas 100% Tempranillo. Ao custo de R$ 42,00 e com 13,5% de álcool, este espanhol é um tanto quando encorpado e melhora consideravelmente depois de uns 20 minutos aberto. É um bom vinho para acompanhar pratos fortes, mas ainda prefiro os Tempranillos da Argentina que são mais macios e sedosos.

Códice é encorpado e com carvalhos salientes

Anúncios

Tierra Antica chegou e já conquistou espaço

Posted in Chilenos, Vinhos brancos on 06/03/2010 by André Muricy

Um bom vinho para pratos levesTem quem odeie hierarquias, mas na América do Sul, costuma-se dizer que primeiro vêm os chilenos, depois os argentinos e, enfim, os vinhos brasileiros, que têm melhorado a cada safra, mesmo sendo um país quente (destacam-se os Salton, Miolo e Casa Valduga). Para essa classificação falam de critérios como clima e solo.  Não confirmo essa teoria, mas, para polemizar, o Chile apresenta a excelente linha Tierra Antica. O branco em questão é um reserva 2009. Ao custo de R$ 28,00 e com teor alcoólico de 12,5%, é uma delícia e merece atenção também pelo custo-benefício, pois preenche a boca com aromas leves e sutilmente cítricos. Pode provar. Vale a pena cada gole.