Emiliana: além de vinhos orgânicos, biodinâmicos

IMG_4176

Ambiente rústico não esconde bucolismo do lugar

Fundada em 1986, a Emiliana foi a primeira vinícola do Chile a conseguir a certificação ambiental 14001.

Fundada em 1986, a Emiliana foi a primeira vinícola do Chile a conseguir a certificação ambiental 14001

A agricultura orgânica não é uma novidade. Plantar, colher e produzir  apenas com ingredientes naturais, sem o uso de aditivos químicos, é uma tendência que tem conquistado muitos consumidores, preocupados em manter uma alimentação saudável. Além dessa filosofia, a Vinícola Emiliana também utiliza critérios biodinâmicos. Ou seja, durante a produção de seus vinhos e azeites, obedece a um rigoroso calendário baseado no equilíbrio do sol, da lua e dos planetas.

É, existe isso mesmo. Os produtores acreditam que o ciclo magnético interfere na fertilidade do solo e, consequentemente, na qualidade dos vinhos. Essa teoria, criada pelo filósofo austro-húngaro Rudolf Steiner (1861-1925), considera a Terra um ser vivo e que possui nutrientes naturais,  capazes de oferecer exatamente o que a planta precisa.

A limpidez dos vinhos brancos já revela o agradável sabor nos aguarda

A limpidez dos vinhos brancos já revela o agradável sabor que nos aguarda

Se para se fazer um bom vinho é necessário seguir regras e muita pesquisa, na chilena Emiliana, eles se superam na forma sustentável de produção, pois usam energia alternativa, reciclam os resíduos sólidos e líquidos, as garrafas levam 14% a menos de vidro e ainda neutralizam o carbono. O resultado de tanta preocupação com a qualidade não poderia ser outro: vinhos cheios de vida e personalidade. Critérios e teorias à parte, o bom mesmo foi que provamos quatro rótulos e pudemos comparar sabores e cheiros.

100% Sauvignon Blanc, Safra 2011 e uma leveza que impressiona e agrada

Vinho Novas 100% Sauvignon Blanc, Safra 2011 e uma leveza que impressiona e agrada. Lembrou frutas cítricas com um toque suave de pimenta branca

Suavidade e equilíbro imperam nessa vinho que  tem aroma elegante de damasco e notas suaves de jasmim

Signos de Origem: suavidade e equilíbrio imperam nesse vinho que tem aroma elegante de damasco e notas distantes de jasmim

Mais robusto com com forte evidência dos taninos, resultado da mistura das castas Syrah 38%, Carménère 27%, Merlot 21%, Cabernet Sauvignon 12%,  Mourvedre 1% e  Petit Verdot 1%

Coyam: mais robusto e com forte evidência dos taninos. Resultado da mistura das castas Syrah 38%, Carménère 27%, Merlot 21%, Cabernet Sauvignon 12%, Mourvedre 1% e Petit Verdot 1%

O Novas tinto mistura a Carménère com a Cabernet Sauvignon e lembra frutas maduras com um leve toque de pimenta doce

Novas: tinto caprichado que mistura a Carménère com a Cabernet Sauvignon e lembra frutas maduras com um leve toque de pimenta doce

Anúncios

6 Respostas to “Emiliana: além de vinhos orgânicos, biodinâmicos”

  1. Sergio Yahn Says:

    Adorei saborear os vinhos da EMILIANA.Sòmente não sei onde copra-los em São Paulo.Gostaria de informações a respeito. Aguardo indicações. S.Y.

  2. Sergio Yahn Says:

    Vinhos exelentes,só não consigo acha-los para comprar em São Paulo

  3. Alda Cristina S. Silva Says:

    Gostaria muito de saber se todos os vinhos organicos não possuem gluten. Não entendo muito por isso essa pergunta que para pessoas que apreciam devem achar um horror. Mas gostaria de saber e também aonde posso comprar vinhos organicos como Emiliana…..desde já agradeço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: