Archive for the Franceses Category

Um francês jovem, elegante e com um ótimo preço

Posted in Franceses with tags , , , , , , on 07/10/2012 by André Muricy

Para quem gosta de um vinho elegante, frutado e com boa estrutura, o francês Les Hauts de Janeil 2010 é uma boa escolha. Por ser jovem, ele se apresenta um pouco diferente no início, mas depois de alguns poucos minutos na taça ele se transforma num vinho leve e mostra personalidade com a mistura das uvas Syrah e Grenache. A segunda vem equilibrar a acidez da primeira e elimina tanto o gosto forte de madeira, quanto a força dos taninos que gostam de deixar a boca seca. Ao custo de R$ 45,00 e com 13,5% de álcool, este tinto é produzido nos vinhedos da François Lurton é bom para acompanhar carnes de textura macia e legumes refogados.

20121007-073923.jpg

Veuve Devienne, um espumante muito honesto

Posted in Franceses on 05/02/2012 by André Muricy

Apesar do rótulo simples, esse espumante é muito interessante

Um espumante cítrico, mas não muito. Assim foi o francês Veuve Devienne,  apesar do rótulo pouco trabalhado (pra não dizer feio mesmo). Com teor alcoólico de apenas 10,5%, ele se apresentou uma excelente opção para um almoço em dias de calor ou para receber os amigos, quando precisamos de umas seis garrafas no mínimo. Isso é possível porque o preço foi outro aspecto que impressionou: só R$ 35,00 num restaurante (pelo menos em Maceió).  O Veuve Devienne lembra o primo rico de longe e vale muito a pena.

Paul Bur, um exercício especial para o paladar

Posted in Franceses, Vinhos intensos on 13/03/2011 by André Muricy

Paul Bur é uma ótima escolha para uma noite quente

À primeira vista, o Paul Bur não impressiona muito, pois o rótulo é meio tradicional e um tanto clássico demais. Porém, o contato visual na taça já reflete o que ele realmente proporciona. Com uma cor quase dourada, esse espumante francês brut é uma delícia. O sabor levemente cítrico traz um sabor sutilmente leve e lembra – bem de longe – o doce das uvas. Ao preço de R$ 40,00 e com teor de álcool de apenas 11%, o Paul Bur é uma excelente escolha para um jantar regado a frutos do mar. Vale repetir.

Fim de ano repleto de espumantes

Posted in Brasileiros, Franceses on 13/12/2009 by André Muricy

Em uma boa festa não pode faltar um bom espumante. Bem gelado, borbulhante e perigoso, como é toda forma de sair do real. Ainda bem que há diferentes opções para todos os gostos e bolsos. Brut para que prefere mais seco ou demi-sec para que encara um pouco doce. Eu gosto do brut, nada muito doce é legal. O amargo tem seu valor, até para sentir a diferença e poder escolher com conhecimento de causa.

Pelo preço e sabor, o Salton acaba logo. Compre muitas garrafas

Se você quiser um espumante bem barato, mas que não deixa mesmo nada a desejar pode optar pelo brasileiro Salton, apenas R$ 18,00, com 11,5% de álcool e feito com as uvas Chardonnay e Riesling. Compre muitas garrafas porque acaba rapidinho.

Esse bonito espumante leva você para todos os caminhos

Subindo um pouco de preço, vamos para a França. De lá encontrei o Pierlant (só para deixar claro não fui lá, ainda. Hehe). Ao custo de R$ 27,00 e com só 11% de teor alcoólico, essa bebida francesa (eu havia escrito ‘esse francês’. Melhor não. Hehe) se mostrou ideal para uma noite quente. É uma ótima pedida.

Uma bebida para as melhores horas

Voltando ao Brasil, sugiro uma fantástica Chandon Reserve Brut (Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico) ou Brut Rosé. Sim, é uma bebida brasileira “elaborada e engarrafada na origem pela Casa Chandon do Brasil, fundada em 1973 pela Maison Moët & Chandon, França”.  O preço não passa de R$ 45,00 e está de bom tamanho para comemorar um momento e com quem a gente realmente gosta.

Esse é um dos mais cobiçados entre os espumantes

Uma dica importante: bebendo ou não, pegue um táxi. Você não se estressa com engarrafamento, estacionamento, flanelinha e ainda pode beber o quanto quiser (só não vá dar vexame!). Se dê o prazer de não dirigir. É mais seguro.

É isso, aproveitem para compartir a diversão e as boas razões. Um bom 2010 para todos.

Les Salices branco é para compartir com os amigos

Posted in Franceses, Vinhos brancos on 13/11/2009 by André Muricy
Les Salices

Se quiser um bom branco francês, pode escolher o Les Salices

Na busca constante por diferentes sabores, só tem um jeito de saber se um vinho vale a pena: arriscar. Foi com esse pensamento que encarei o francês Les Salices branco com graduação alcoólica de 13% e preço de R$ 46,00. Para minha sorte, eu estava diante de um grande exemplar. Leve, refrescante e bonito, ele se mostrou perfeito para o almoço de sexta com os amigos.

Matayac: ao encontrá-lo, não pense duas vezes

Posted in Franceses on 17/08/2009 by André Muricy
Delicioso e requintado, o Matayac deixou saudades

Delicioso e requintado, o Matayac deixou saudades

Tive o prazer de conhecer um excelente vinho francês, o Matayac da região de Cahors. Ele se mostrou bem equilibrado na boca e não revelou taninos fortes. Com 13% de álcool, o Matayac 2005 tinto é uma mistura de três uvas: a Malbec, Tannat e Merlot. Ao preço de 7,30 euros, ele é uma ótima pedida para pratos mais pesados. Se der de cara com ele, aproveite.

Beaujolais-Villages é fechado, para quem prefere intensidade

Posted in Franceses on 17/08/2009 by André Muricy
De sabor intenso, este vinho tem taninos realçados

De sabor intenso, este vinho tem taninos realçados

Outro vinho francês, só que não muito simpático, é o Beaujolais-Villages safra 2005 tinto. Ao custo de R$ 44,00, ele decepcionou um pouco. Depois de algum tempo ele se apresentou fechado, com leve sabor de carvalho e bem alcoólico, apesar de ter apenas 12,5% de teor. Esse eu passo.